quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Boa ação

Eu creio que essa realmente seja uma boa ação do Ronaldo e não uma ação de Relações Públicas.

O jogador pediu ao Corinthians e foi atendido, que cedesse espaço para inserir o logo da AACD, pro bono, sem fins lucrativos, nas camisas do time. Em contrapartida, a associação veiculou esse anúncio nos principais jornais de São Paulo, como forma de agradecimento: "Ele sabe como a gente se sente. Faça como o Ronaldo, ajude a AACD".

* Fonte Portal da Propaganda

3 comentários:

Rodrigo Cogo disse...

Muito perigosa esta suposta dicotomia entre "boa ação" e "campanha de relações públicas". Afinal, uma campanha de relações públicas levada com ética não se dissocia de uma boa ação. Mesmo que existam motivações institucionais e reputacionais na origem da campanha, ela não perde seu valor ou seu impacto social (que, no final, é o que interessa). Da maneira como está escrito, parece dois mundos que não se cruzam. E cá pra nós: celebridades (esportivas, artísticas, políticas, empresariais, eclesiásticas, militares...) não conseguem ter uma vida completamente neutra: mesmo sendo uma "boa ação" do jogador, isto remete diretamente à imagem de sua carreira, recentemente abalada num caso de motel (e de cegueira).

Marcia Ceschini disse...

Rodrigo,

bem colocada sua questão. Eu até corrigi, troquei campanha por ação.
Mas como vc bem coloca, não dá (nesse mundo que vivemos) para separar o que são ações espontâneas de uma provável PR stunt.
Eu na minha ingenuidade, preferi acreditar que é uma boa ação, mas colocar a mão no fogo, realmente não dá.

Leslie**** disse...

Parabéns ao Ronaldo, pelo menos longe de polêmicas e fazendo algo útil!!Espero que ele retome a carreira com sucesso!
Bjs Márcia!
Ah quando entro no teu blog aparece uma página do mercado livre, será spam?