quarta-feira, 14 de outubro de 2009

O capuccino e A Bordo

Vejo com muito bons olhos a nova safra de Relações Públicas, em especial o pessoal dos blogs O Capuccino e A Bordo da Comunicação.

Os textos são bons, as abordagens interessantes e contrariando a regra não olham para o umbigo, eles buscam o corporativo, a categoria.

Com o post 10 RPs brasileiros que merecem ser seguidos no twitter, fiquei feliz em ver Rodrigo Cogo, Pedro Baldurquino e Flávio Schmidt, profissionais que admiro desde sempre.

É isso ai, moçada, saudem o novo, mas não se esqueçam de reverenciar quem de fato merece.

5 comentários:

A Bordo disse...

Nossa, que gratificante ler isso.
Fico feliz Márcia por nos ver desta forma. Fico mais feliz ainda, pois eu faço parte da equipe dos dois blogs.
=]

Nestes profissionais são excelentes mesmo, no que podemos ver no twitter, o Rodrigo conhecemos um pouco mais e fico feliz também por podermos contribuir em algo.

Mais uma vez agradeço suas palavras e confiança no nosso trabalho.

Abraços,
Cibele

Ocappuccino disse...

é isso ai Márcia, nos acreditamos na construção coletiva do conhecimento,

ainda estamos na faculdade e para nós toda essa troca de informações é parte importantissississima na formação profissional

abraço
Mano Delazeri
www.ocappuccino.com

Rodrigo Cogo disse...

Valeu pela citação, Márcia. De fato o fortalecimento da área passa pela emergência de novos atores e pela consolidaçao de atores mais "antigos", cuja energia e experiência se entrelaçam. Ainda estamos aquém da mobilização necessária em torno de RP, mas estamos ao menos num bom caminho.

Mauro Segura disse...

Adorei seu post, Marcia.
Citar OCappuccino e ABordo é maravilhoso e muito justo. Hoje são dois dos melhores canais onde me informo e aprendo. Tenho dito para as pessoas que atualmente aprendo mais na blogosfera do que nos fóruns tradicionais de aprendizado, e esses dois blogs são exemplos inquestionáveis disso. Outro paradgima que também está sendo derrubado é o modelo tradicional dos estudantes aprenderem com professores ou profissionais mais experientes. Esse modelo pode ser muito questionado. Hoje todos aprendem com todos. É esse novo modelo de desenvolvimento: todos com todos, todos para todos.
Enfim, parabéns pelo registro. Aplaudo com louvor. Bjs. Mauro.

Marcia Ceschini disse...

Obrigada a todos que comentaram o post.

Mas é exatamente isto. Somos compartilhadores, somos um informadores do outro.

Viva as novas mídias sociais e a facilidade da comunicação no século XXI.